Síndrome da endometriose torácica

A presença de tecido endometrial fora da cavidade habitual, ou seja, a cavidade uterina provoca uma reação inflamatória crônica conhecida como endometriose.
Estes focos extra-uterinos geralmente se encontram em órgãos vizinhos ao útero, mas excepcionalmente em cerca de 1 a 2% dos casos as células endometriais podem atingir órgãos distantes.
A Síndrome da Endometriose Torácica é um destes casos e é definida como um conjunto de alterações clínicas e radiológicas quando os focos se encontram no pulmão ou na pleura.
Os principais sintomas são: dor torácica, tosse com expectoração de sangue geralmente coincidente com o período menstrual além da presença de sangue e ar dentro do tórax em alguns casos.