Pesticidas e Endometriose

A endometriose é uma doença que afeta cerca de 10 a 15% das mulheres em seu período reprodutivo.
Uma pesquisa realizada nos E.U.A. e publicada pelo Environmental Health Perspectives, um jornal do Instituto Nacional de Ciências de Saúde Ambiental, mostrou que dois pesticidas organoclorados amplamente utilizados durante as décadas de 1960 e 1970 para controle de pragas na agricultura em vários países, inclusive no Brasil, apesar de proibidos na atualidade, ainda podem ser encontrados contaminando o solo e a água.
Esta pesquisa mostrou que mulheres que foram expostas no passado a estes dois pesticidas tiveram um aumento de 30 a 70% de risco de desenvolver endometriose e concluíram que produtos químicos persistentes na natureza, mesmo aqueles usados no passado, podem afetar a saúde da atual geração de mulheres em idade reprodutiva.